slide
 Backup e 
 Compartilhamento 
 de Arquivos 
 em Nuvem 
 para Empresas 
 Seguro 
 Simples 
 fácil 
 

[eBook] Armazenamento local ou em nuvem?

Neste eBook, vamos ajudar você a entender, algumas diferenças entre o Armazenamento em Nuvem e o Armazenamento Local dos arquivos corporativos e assim possibilitar com que possa escolher a melhor solução para sua empresa com base no que você realmente precisa.

 

Introdução
 
Muitas empresas acreditam que investir e manter um servidor próprio é a melhor saída para obter a segurança dos seus dados, mas isso nem sempre é verdade. É comum embarcar na ilusão de que proximidade física do servidor vai trazer mais segurança, quando na verdade, pode gerar ainda mais trabalho.
 
Você com certeza já perdeu algum arquivo porque a sua máquina estragou ou por qualquer outro problema corriqueiro.
Mas quando estamos falando das informações de toda a empresa, uma perda pode significar negócios parados e um imenso prejuízo. Um servidor inseguro também pode ser um prato cheio para os hackers praticarem o chamado sequestro de dados, quando um criminoso se apropria dos seus dados, modifica-os, impede que você os acesse e ainda exige pagamento para devolvê-los.
 
Existem duas formas bem definidas para resolver esta demanda. A primeira delas, chamamos de um modelo híbrido, onde o cliente opta por manter sua infraestrutura interna e cria um segundo ambiente em nuvem, se beneficiando de toda automatização do processo de backup, segurança e colaboração dos dados. A segunda, é o modelo onde o cliente elimina sua infra interna e passa a utilizar a nuvem como um servidor de arquivos.

 

 

 

 

 

 
 
 
 
Os servidores de arquivos próprios precisam de uma equipe de TI para montar e dar manutenção e de uma certa infraestrutura para funcionarem. Geralmente, é necessário de uma sala com refrigeração e abrigo da luz do sol. Isso acontece porque os servidores em funcionamento aquecem muito, e por isso precisam de locais refrigerados para se manterem. Outros recursos que precisam ser garantidos para o bom funcionamento de um servidor são a disponibilidade de energia elétrica constante e uma equipe qualificada para fazer a montagem e a manutenção. Alguns ainda possuem gerador próprio ou no-break para prevenir perda de dados com a falta de luz.
Hospedar os dados na nuvem quer dizer colocar os seus dados em um datacenter gerenciado por uma empresa especializada no assunto que irá gerenciar a segurança dos dados, fazer backups, fornecer proteção contra invasão de hackers, etc. Migrar para a nuvem é mais fácil do que parece. Você ainda tem a opção de não se desfazer do seu servidor próprio logo de cara e ir testando o servidor na nuvem aos poucos, utilizando um serviço híbrido. Essa é uma alternativa para quem se sente inseguro de migrar todas as suas informações para a nuvem.

 


 

[Backup] Nuvem
 
A estruturação do backup em nuvem permite alguns benefícios que facilitam bastante a vida de quem gerencia e leva tranquilidade à empresa. Todo este processo é realizado através da criação de diversas tarefas de backup, como a periodicidade, o versionamento dos arquivos, que permite acesso à qualquer versão anterior, o nível de criptografia, que garante a segurança destes dados, além de um painel de gestão através do qual o gestor pode verificar todas as tarefas executadas.

stacked screens

[Backup] Local
 
As empresas que optam em realizar seu backup internamente, faz-se necessário um processo muito eficiente para diminuir ao máximo os riscos de perdas. O que normalmente ocorre, são backups feitos em HD Externo e fita. Segundo algumas estatísticas, 77% das empresas que testam seus sistemas de backup encontram falhas operacionais e 94% das empresas que sofrem com perdas catastróficas jamais reabrem suas portas. Isso demonstra o alto risco que as empresas que optam por este procedimento acabam correndo.

 


 

[Segurança Nuvem]
 
A estruturação do backup em nuvem permite alguns benefícios que facilitam bastante a vida de quem gerencia e leva tranquilidade à empresa. Todo este processo é realizado através da criação de diversas tarefas de backup, como a periodicidade, o versionamento dos arquivos, que permite acesso à qualquer versão anterior, o nível de criptografia, que garante a segurança destes dados, além de um painel de gestão através do qual o gestor pode verificar todas as tarefas executadas.

[Segurança] Local
 
As empresas que optam em realizar seu backup internamente, faz-se necessário um processo muito eficiente para diminuir ao máximo os riscos de perdas. O que normalmente ocorre, são backups feitos em HD Externo e fita. Segundo algumas estatísticas, 77% das empresas que testam seus sistemas de backup encontram falhas operacionais e 94% das empresas que sofrem com perdas catastróficas jamais reabrem suas portas. Isso demonstra o alto risco que as empresas que optam por este procedimento acabam correndo.

 


 

[Mobilidade] Nuvem
 
Acessar os dados na nuvem é tão simples quanto acessar a internet. No caso da Enuve, os seus dados podem ser acessados através de 3 formas: em um endereço web, através de app e por uma unidade de rede que mapeamos no seu computador. O melhor é que há protocolos de segurança https que garantem a segurança dos seus dados de onde estiver.

[Mobilidade] Local
 
Um grande empecilho do servidor próprio se dá quando é necessário acessar os dados longe do escritório. Assim faz-se necessário usar protocolos de acesso remoto para conectar um computador a um servidor que está longe através de VPN ou FTP por exemplo. Isso gera uma dificuldade enorme para quem não tem grandes conhecimentos em tecnologia. Outra forma comum e ineficiente, é solicitar que alguém que esteja na empresa envie um e-mail com o arquivo.

 


 

Conclusão
 
Realmente não se trata de qual método é o melhor, mas de qual método atende melhor às necessidades da sua organização. Se uma empresa precisa de disponibilidade, proteção, desempenho e conformidade de armazenamento, haverá uma necessidade para ambas as soluções de armazenamento: no local e na nuvem. Acreditamos que o mais importante de tudo, é que exista principalmente uma redundância dos dados com o principal objetivo de proteção das informações.
A empresa que possui servidores locais, obtem uma maior segurança e fácil recuperação em um possível desastre, se possuir esta redundância em um ambiente em nuvem e não em um ambiente físico.
Espero termos ajudado você a entender as principais diferenças e benefícios destes dois tipos de ambiente!
 

 

 

Tecnologia do Google TradutorTradutor